SABIRILAS E OUTRAS ANOMALIAS NAS ACADEMIAS - PARTE I

 

                        SABIRILA: "Alcunha" dada ao indivíduo do sexo masculino que faz musculação com o objetivo de aumentar a massa muscular e treina apenas a parte superior do corpo, ficando "da cintura para cima" com físico de gorila e "da cintura para baixo" com físico de sabiá. Antes que você comece a rir do ridículo desenho que eu tentei fazer das perninhas de sabiá no desenho do gorila, quero que você, caso já tenha frequentado uma sala de musculação, se lembre se já conheceu um Sabirila, tal qual a descrição que fiz acima.

                   Os Sabirilas são um tormento para professores de Educação Física conscientes. Eles só treinam os músculos do peito, costas, braços, ombros e talvez abdômen, e jamais treinam pernas. Quando o professor tenta orientá-los a treinar os membros inferiores, em busca de um físico mais harmonioso, eles dizem que "é só colocar calças".

                    Desde que comecei a trabalhar como personal acredito que o corpo pertence a cada pessoa, e cabe a cada ser humano escolher o que será feito dele. As pessoas iniciam programas de treinamento pelos mais diversos motivos: diminuir a gordura corporal, aumentar a saúde, ganhar massa muscular, etc. No entanto, o problema de ingressar em um programa de treinamento para realizar exercícios para alguns músculos, em detrimento de outros, pode gerar físicos esteticamente desarmoniosos e algumas vezes gerar problemas posturais relacionados a essa falta de equilíbrio entre os músculos.

                    Apesar de haver citado os homens no exemplo dos "sabirilas", não é difícil ver um quadro inverso entre as mulheres: algumas vão para a academia treinar as pernas, glúteos e "secar a barriga", se recusando a treinar a parte superior do corpo ou, quando o fazem, são negligentes. Já vi em algumas academias mulheres com coxas altamente definidas e braços totalmente flácidos.

 

Flácido é seu vovozinho, ok?

 

                 Gostaria de deixar claro uma coisa: priorizar o treinamento de determinado segmento muscular é totalmente diferente de abandoná-lo a deriva. Algumas mulheres que dançam no Carnaval fazem um treinamento priorizando glúteos e coxas pois, evidentemente, esses grupamentos musculares serão mais focalizados pelas lentes dos cinegrafistas e fotógrafos durante o evento. Um homem pode preferir ter os braços e ombros evidentes, sem se importar muito com o tamanho das coxas e das panturrilhas. O que observo aqui é que PRIORIZAR é diferente de ABANDONAR. Pense nisso quando realizar seus treinos.

                    Uma explicação que costumo dar para o "fenômeno Sabirila" é que os músculos dos braços (bíceps e tríceps) e dos ombros (deltóides), por serem menores, se desenvolvem com maior rapidez do que os músculos das coxas (parte anterior: quadríceps e outros, parte posterior: ísquio - tibiais) e das panturrilhas.  Isso talvez faça com que os homens se motivem a treinar mais os grupamentos musculares que respondam mais rapidamente aos estímulos. E para turbinar os membros inferiores? Para as coxas, a receita é relativamente simples: trabalhar com carga e variações de exercícios! Quanto as panturrilhas...

 


 

               As panturrilhas são formadas pelos músculos gastrocnêmios (os gêmeos) e o sóleo. Como são músculos utilizados na manutenção da postura e possuem uma presença grande de fibras musculares voltadas mais para resistência do que para força, hipertrofiá-las (ou seja, fazê-las aumentar de tamanho através da musculação) torna-se uma missão. Algumas pessoas não aguentam a frustração e estão fazendo implantes de silicone; outras, treinam as panturrilhas a vida inteira para vê-las aumentar um centímetro ou dois em seu diâmetro. Já vi as pessoas treinarem os gêmeos de todas as formas possíveis, mas os resultados são variados de praticante para praticante. Se você é um "ferreiro" experiente, eu diria que uma das poucas dicas válidas seria de que a musculatura dos gêmeos precisa ser treinada com grande volume de repetições e de carga para que os resultados sejam obtidos com um mínimo de contento. Por que repetições elevadas? Porque a musculatura possui fibras voltadas para resistência e, para que ocorra hipertrofia, precisamos lembrar que a fibra muscular funciona a base da lei do TUDO ou NADA: ou a fibra contrai por inteiro ou não. É por esse motivo que, quando fazemos musculação no intuito de aumentar a massa magra, trabalhamos com cargas cada vez maiores: um peso inócuo não solicita muitas fibras, já o uso de cargas+repetições leva algumas fibras a "falência", fazendo com que outras sejam recrutadas; explicando de modo muito simplista, esse é um dos fatores que possibilita o aumento de massa magra.

                Voltarei a tocar nesses tópicos no próximo post. Espero que tenham gostado. Abraços e até a próxima!

 

Não é luta com a parede: ele só está alongando a panturrilha.


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Saúde e beleza, Esportes, Jogos
Visitante número: